Busca avançada
Página Inicial


Neutro Turbilhão

Autor: Aristides Alonso
Editora: Novamente

Neutro turbilhão: constelações, galáxia de letras, traços e imagens pollockianas sobre a superfície imanente das palavras. Riscos e rabiscos. Língua ímã, catálise de sons e respirações saídas em espírito da boca dos humanos. Rodopio de deusas e bruxas gargalhando pelo avesso no rio do sentido. Parábolas em movimentos assintóticos de eterna aproximação pela via da expressão sem dono. CiberLITERATURA.

R$ 29,00

Para pagamentos em boleto, existe uma taxa de R$ 8,50

    

Ficha Técnica

ISBN: 978-85-87727-73-2
Idioma: Português
Encadernação: Brochura
Dimensão: 14 x 21 cm
Peso: 0.190 Kg
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2017
Número de Páginas: 140

Sinopse

Palíndromo

SATOR AREPO TENET OPERA ROTAS.

“O semeador mantém com destreza as rodas”? “Agricultor sábio mantém a rotação de culturas”? Quem sabe o criptograma, o enigma?

Um jogo de dados não abolirá o acaso, já nos mostrou Mallarmé. Escrever a esmo, a torto e a direito, devaneios algorítmicos que compõem pacotes codificados de informação, artefatos de C-4, pedras de sílex ou silício com inscrições milenares tal qual a pedra de Roseta. O texto-máquina de conhecimento e informação processa incessantemente o lixo da literatura ancestral e seus cânones fossilizados. Máquina de triturar sentidos e arrasar configurações mitopoéticas que colonizam corações e mentes. Serial killer da religião textual, pois a literatura é um cemitério marinho de sonhos e fantasias por onde perambulam os animais imaginários borgeanos e os zumbis midiáticos da zorra total.

Páginas in progress com inscrições efêmeras armazenadas e disponíveis na nuvem (e-cloud). Linhas de fuga convergem e divergem para um horizonte de pura combinatória em que marcas, letras e códigos se computam infinitamente. Cálculo infinitesimal do aleatório? Neutro turbilhão na galáxia dos signos em rotação e translação, labirinto mutante à espreita de Minotauros e Teseus que desafiam o emaranhado de possibilidades que perdemos ao tomar uma determinada direção, sem garantia de Ariadnes com seus fios e novelos pelos meandros da pura perdição. O que terá sido minha história desde então perante o jardim dos caminhos que se bifurcam aqui e agora? Fiação de uma escrita tênue como uma rede (web) à beira do Abismo. Escrever e desescrever o risco no bordado, desfazer a teia para compor outras teias por dentro da literatura aproveitando a analogia que a ciberliteratura oferece como modo produtivo de navegação.

SATOR AREPO TENET OPERA ROTAS.


      CONHEÇA TAMBÉM    
        


    FORMAS DE PAGAMENTO    

  

Seu Site na Internet